O valor da Ciência – A Ciência deve ser aplicada?

Grande parte das descobertas científicas terá potencial económico, mas corremos sempre o risco de, como Heinrich Rudolf Hertz, não sermos capazes de o perceber? Ou, pelo menos, podemos correr o risco de não vivermos o suficiente para aprender o valor económico das descobertas.

Heinrich_Rudolf_Hertz

Através do  Chad Orzel do Uncertain Principles, descobri que o Hertz não via um interesse económico na sua descoberta:

“It’s of no use whatsoever[…] this is just an experiment that proves Maestro Maxwell was right—we just have these mysterious electromagnetic waves that we cannot see with the naked eye. But they are there.”

Hertz demonstrou a existência de radiação eletromagnética, prevista por Maxwell. Demonstrou que esta radiação se podia propagar a diferentes velocidades, dependendo do meio de propagação, que, no vácuo a radiação se propaga à velocidade da luz e que oscila num plano que contém a direção da luz.

10zpwg8
Imagem do blog do Marco Castro.

Estas descobertas foram fundamentais para o desenvolvimento das ondas hertzianas, que estão na origem do telégrafo, do rádio e da televisão. Aliás, as descobertas de Hertz estão também na base da tecnologia que lhe permitem ler este texto no seu smartphone através de uma rede sem fios. Apresentação1 No entanto, Hertz apenas quis provar a teoria de Maxwell! E nem se apercebeu do verdadeiro impacto das suas descobertas. Será que se tivesse vivido mais tempo (Hertz morreu com apenas 36 anos) teria percebido o imenso valor económico daquelas?

giphy

Será a pergunta “What’s the economic value?”, a pergunta mais estúpida que podemos fazer a alguém? Acho que não; pode parecer inoportuna, mas não é estúpida. Podemos não saber a resposta, podemos até pensar que o que fazemos não tem valor económico, mas vale a pena começarmos a pensar nisso. Que Heinrich Rudolf Hertz nos sirva de exemplo – por vezes o que não tem valor económico num dado instante, pode revelar-se muito lucrativo mais tarde, ou então, num contexto diferente. Quando perguntaram a Carl Sagan, um dos maiores divulgadores da ciência e astrónomo, criador da série Cosmos, “So what?” – qual o interesse de investigar o espaço respondeu assim:

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s