O teu passado e futuro numa gota de sangue

E se bastasse uma gota de sangue para termos conhecimento de todos os vírus com os quais já contactámos ao longo da vida?

2

 

Embora seja difícil acreditar, é efetivamente verdade: está a ser desenvolvido um teste sanguíneo em que, utilizando apenas uma gota de sangue, é possível detetar os vírus com os quais já estivemos em contacto ao longo da vida. Esta  tecnologia foi descrita em 2015 na revista Science.

O VirScan tem vindo a ser desenvolvido na Harvard Medical School and the Brigham and Women’s Hospital, e, embora esteja apenas a ser utilizado em estudos de investigação, prevê-se o seu lançamento no mercado brevemente.

Mas, e como funciona este teste? O VirScan oferece a possibilidade de reconhecer 206 vírus e suas estirpes através da identificação de anticorpos específicos no sangue. O fator crucial reside no nosso sistema imunitário que, quando em contato com agentes patogénicos, gera uma reposta imunológica através da produção de anticorpos específicos. Essa resposta pode perpetuar-se durante anos, mesmo após a eliminação desse agente. Isso significa que o alcance do VirScan vai para além das infeções com que o nosso sistema imunitário está a debater-se no momento, permitindo uma análise mais ampla.

Este processo de deteção foi possível graças ao trabalho de investigadores que sintetizaram mais de 93 mil pequenas peças de ADN codificadoras de diferentes segmentos de proteínas virais. Estes segmentos foram introduzidos num bacteriófago com capacidade de expor, na sua superfície, uma sequência peptídica correspondente à do vírus. O VirScan combina estes bacteriófagos com a gota de sangue, objeto de colheita, e, existindo anticorpos específicos para uma dada sequência peptídica representativa do vírus nessa gota, haverá o reconhecimento do agente patogénico. Deste modo, é possível fazer o registo de todos os vírus presentes na gota de sangue analisada.

Elledge

O VirScan combina a síntese de DNA microarrays com os bacteriófagos para criar uma representação uniforme dos epítopos peptídicos. Através da imunoprecipitação e sequenciação estes são reconhecidos pelos anticorpos da amostra. A cor de cada quadrado no heatmap representa o número relativo de epítopos antigénicos detetados por um vírus (linhas) em cada amostra (colunas).

Desta forma, os investigadores acreditam que este tipo de teste desempenha um papel perentório para identificar relações entre o historial vírico e o sistema imunitário de um paciente. A análise ora apresentada permite compreender não só o vírus ativo, mas também infeções anteriores, havendo, assim, uma abordagem mais abrangente e, por conseguinte, a possibilidade de uma terapêutica mais específica quanto a doenças futuras tanto imunológicas, como tumorais.

Outro objetivo dos membros desta investigação consiste em estabelecer relações entre o comportamento dos vírus e sistemas imunitários em diferentes pontos do globo. A prossecução do primeiro traduziu-se na utilização do VirScan em 569 pessoas nos Estados Unidos, Tailândia, África do Sul e Perú.

No futuro, prevê-se o desenvolvimento desta técnica, de forma a detetar infeções bacterianas bem como exposições prévias a protozoários e fungos. Para além disso, a equipa de investigação continua a fazer múltiplas análises de modo a obter informação adicional e suscetível de auxiliar o desenvolvimento de vacinas.       Vejam aqui a descrição dada pelo Investigador Principal, Stephen Elledge:

 

Anúncios

2 comentários a “O teu passado e futuro numa gota de sangue”

  1. Tenho minhas ressalvas, pois sem sombra de dúvidas que a ideia é extremamente bem vinda, mas quanto ao uso que se faz destes dados obtidos é que paira a questão. Enquanto forem usados para o avanço vacinal e na detecção de doenças, beleza; o problema é o uso segregacionista.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s