Química e a Música ou “Sex, Drugs and Rock ‘n Roll”

Este artigo baseia-se no trabalho Luís M. S . Loura publicado no Boletim da Sociedade Portuguesa de Química, nº 124 de 2012, página 31

Sempre que se fala em música, como jazz, blues, rock ou electrónica, fala-se quase sempre em drogas. Lá está a Química a meter-se na música.

A primeira música a fazer referência explícita a drogas terá sido a Heroin dos Velvet Underground.

No entanto, era comum a referência à droga aparecer dissimulada, como no caso da famosa”Lucy in the sky in Diamonds” acrónimo do dietilamida do ácido lisérgico,  poderoso alucinogéno (LSD)  muito popular nos anos 60.

A influência da Química na música não está só presente nas letras.  Ela está também presente nos estilos musicais (heavy metal, acid house). Existe uma piada que corre entre os estudantes de química que é:

heavymetal

Isto para mostrarmos que a química é mais do que tubos de ensaio e que tem um papel muito mais relevante nas nossas vidas do que pensamos.

Advertisements

4 comentários a “Química e a Música ou “Sex, Drugs and Rock ‘n Roll””

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s